Acidentes de trabalho mortais diminuíram

O número de acidentes de trabalho mortais tem vindo a diminuir desde 2005, segundo os dados da Autoridade para as Condições do Trabalho. Este ano, entre Janeiro e Julho, foram contabilizadas 53 mortes em acidentes de trabalho, a maioria em Janeiro e Fevereiro.
O sector da construção continua a ser o mais mortal para os trabalhadores, sendo que representa 30 das 53 mortes registadas. Os outros sectores onde se verificaram acidentes mortais foram a indústria transformadora, agricultura, transportes e armazenagem, administração pública e comércio e serviços. A queda em altura e o choque com objectos são as principais causas dos acidentes, uma vez que levaram à morte de 26 trabalhadores. A quinta-feira foi o dia mais propício à ocorrência de acidentes de trabalho mortais.
Em Beja, foi contabilizado apenas um morto por acidente de trabalho, no concelho de Odemira. O registo de mais ocorrências verificou-se em Lisboa e no Porto, com 7 mortes em cada uma destas regiões.

Categoria: Reportagem
Acerca do Autor
- Alenproduções - Comunicação e Imagem, unipessoal, LDA. Somos uma empresa especializada na execução e conceção de projetos integrados de comunicação. Produzimos conteúdo vídeo em várias vertentes como é apresentado nesta página. Se precisar dos nossos serviços, contacte-nos através dos contactos nesta página para agendar uma reunião.