Câmara de Beja e IPB assinaram protocolo de colaboração recíproca

A Câmara Municipal de Beja e o Instituto Politécnico de Beja assinaram um protocolo de colaboração recíproca. Este protocolo estima um conjunto de iniciativas com vista ao desenvolvimento cultural, para além da cedência, por parte da Câmara Municipal, dos terrenos onde foram construídos alguns dos edifícios pertencentes ao Instituto Politécnico. O Presidente do Instituto Politécnico de Beja afirma que este protocolo vem “consolidar o percurso institucional”. Vito Carioca pretende que a autarquia e o IPB funcionem como “pólo promotor do desenvolvimento”.
O presidente da Câmara Municipal de Beja encara a assinatura deste protocolo como um “acto de cultura”. Para Francisco Santos, “a cultura é o ensino máximo”.
Segundo o Presidente da Câmara Municipal de Beja, o aparecimento do Instituto Politécnico de Beja foi o “factor de desenvolvimento mais importante”, embora haja “ainda muitos passos a dar”. Para o presidente da autarquia, este protocolo “reflecte a preocupação da Câmara com os aspectos ligados ao ensino e à divulgação”.

Categoria: Reportagem
Acerca do Autor
- Alenproduções - Comunicação e Imagem, unipessoal, LDA. Somos uma empresa especializada na execução e conceção de projetos integrados de comunicação. Produzimos conteúdo vídeo em várias vertentes como é apresentado nesta página. Se precisar dos nossos serviços, contacte-nos através dos contactos nesta página para agendar uma reunião.