Europe Direct 34ª edição 2010

Programa EUROPE DIRECT – TV Alentejo

Data: 25 de Agosto de 2010

Conteúdos Informativos:

UE quer dar liberdade aos governos nacionais para decidirem sobre cultivo de OGM
Os países da UE poderão decidir por eles próprios se autorizam ou não o cultivo de organismos geneticamente modificados (OGM) no seu território.
A Comissão Europeia propõe dar liberdade aos países da UE para decidirem sobre o cultivo dos organismos geneticamente modificados, um tema que tem dividido a opinião pública europeia desde há décadas.
A UE continuaria a aprovar os organismos geneticamente modificados (OGM) para cultivo com base em recomendações científicas sobre a sua segurança. Porém, os governos teriam a liberdade de restringir ou proibir o cultivo de alguns ou todos os OGM autorizados pela UE na totalidade ou em parte do seu território.
Os países da UE têm posições divergentes quanto aos OGM, o que dificulta a tomada de decisões comuns sobre a autorização de transgénicos
O processo de aprovação da UE deverá ser melhorado tanto em termos de protecção do consumidor como do funcionamento do mercado.

UE coordena ajuda de emergência aos países afectados.
Durante o Verão, os países europeus são muitas vezes vítimas de inundações e incêndios devastadores e 2010 não tem sido uma excepção. Em caso de catástrofe, o Centro de Informação e Vigilância zela para que os países atingidos sejam imediatamente ajudados.
Com sede em Bruxelas, este centro está permanentemente operacional, acompanhando as situações de emergência em todo o mundo e coordenando os recursos da UE para as operações de socorro. O centro funciona como uma verdadeira placa giratória entre os países, canalizando ajuda para todo o tipo de catástrofes, sejam elas humanas ou naturais. Assim que recebe um pedido de ajuda, o pessoal de serviço alerta os potenciais países doadores e tenta adequar a ajuda disponibilizada às necessidades no terreno. Além de reunir equipamento e outro material, o centro pode enviar técnicos para a região sinistrada.

Expo Xangai 2010 continua a deslumbrar visitantes
Até finais de Outubro, a UE continua a dar provas na exposição universal de que está na vanguarda das tecnologias urbanas do futuro.
Apesar se só ir a meio, a Expo de Xangai, a primeira exposição universal fora da Europa em que a UE participa, já conseguiu atrair 37 milhões de visitantes. Muitos procuram informações sobre o desenvolvimento urbano sustentável, ou seja, sobre o futuro de mais de metade da população mundial. Com efeito, uma em cada duas pessoas já vive em cidades ou centros urbanos e esta tendência é crescente.
A par das principais manifestações sobre o futuro das nossas cidades, os visitantes da expo poderão, nos próximos três meses, viver de perto outros eventos sobre a cultura europeia. Durante o Festival de Ópera, que terá lugar no início de Setembro, os músicos europeus recriarão no pavilhão da UE a atmosfera dos teatros de ópera europeus. De seguida, durante a Noite da Artes Europeias no mês de Outubro, jovens artistas de toda a Europa irão converter o pavilhão europeu num grande palco ao ar livre.

Tornar a Europa atraente para os cientistas de topo
O Conselho Europeu da Investigação (CEI) já financiou mais de 1000 ideias inovadoras. Agora, coloca mais 661 milhões de euros à disposição dos investigadores em início de carreira.
Um veículo sem condutor que vai fazer a viagem entre Milão e Xangai para testar a condução automática em condições extremas; erupções vulcânicas criadas em laboratório para estudar a interacção das cinzas vulcânicas com a atmosfera; um «robô químico» microscópico que leva os medicamentos aos sítios certos dentro do corpo humano: estes são apenas alguns exemplos dos 1000 projectos de investigação inovadores financiados até à data pelo Conselho Europeu da Investigação (CEI), o primeiro organismo pan-europeu de financiamento da investigação de ponta.

Categoria: Europe Direct
Acerca do Autor
- Alenproduções - Comunicação e Imagem, unipessoal, LDA. Somos uma empresa especializada na execução e conceção de projetos integrados de comunicação. Produzimos conteúdo vídeo em várias vertentes como é apresentado nesta página. Se precisar dos nossos serviços, contacte-nos através dos contactos nesta página para agendar uma reunião.