Um dia de caça em Santa Bárbara de Padrões

A TV Caça foi acompanhar uma jornada de caça na Zona de Caça Associativa concessionada à Associação de Caçadores de Santa Bárbara de Padrões, no concelho de Castro Verde. Esta ZCA é uma das melhores zonas de caça daquele concelho, com excelentes densidades de lebre, perdiz vermelha e coelho, coabitando com algumas espécies protegidas que por ali proliferam e de que são meros exemplos a abetarda, o peneireiro-das-torres e o cortiçol de barriga negra.Pudemos assistir à forma organizada e segura como decorreu a caçada bem como ao excelente ambiente de convívio e confraternização entre sócios e convidados.Um exemplo a seguir para dignificação da caça e dos caçadores.

Categoria: Caça e Pesca
Acerca do Autor
- Alenproduções - Comunicação e Imagem, unipessoal, LDA. Somos uma empresa especializada na execução e conceção de projetos integrados de comunicação. Produzimos conteúdo vídeo em várias vertentes como é apresentado nesta página. Se precisar dos nossos serviços, contacte-nos através dos contactos nesta página para agendar uma reunião.

9 comentários

  • Marcio Figueiredo Márcio

    Enquanto isso no Brasil, tem javali como praga comendo tudo que ve pela frente e é crime matar. …

  • Daniel Bastos

    Muito bom!!! O pessoal da reportagem esta de parabéns por mostrar como fusiona a caça esportiva em vários países. Já no Brasil, ao invés de se regularizar a caça esportiva, continuam a criminalizar e a confundir, com a caça predatória, este esporte maravilhoso. Um dos maiores protetores da natureza é, sem dúvida, o caçador esportivo, vejam que em cada temporada de caça existem mais animais enquanto que no Brasil, onde a caça esportiva é proibida, grade parte dos animais encontram – se em perigo de extinção. Se uma associação de caçadores, que ama o esporte, encontra – se ativa com toda certeza vai cuidar dos animais para que nas próximas temporadas de caça venham a ter cada vez mais animais para a prática do esporte, ou seja, a caça esportiva promove, estuda as espécies, seus ciclos reprodutivos, e o mais importante, FISCALIZA a caça predatória. Mas aqueles que falam em "defesa' dos animais não concordam com nada disto que estou falando, o que é muito fácil já que estão sentados em suas cadeiras e não movem uma palha contra a instição da fauna brasileira, vejam o exemplo dos USA, com suas temporadas de caça, salvaram muitas espécies a beira da instição, como o peru selvagem por exemplo, além de gerar trabalho, direto e indireto, impostos e educação ambiental. Quando veremos este país organizado!

  • vitorino queimado

    gostei de ver mas queria fazer uma pergunta! Aceitam sócios fora da zona(Concelho)?

  • RP RP

    Pois é! Como seria se reservassem as Universidades de Lisboa só para os de Lisboa, e as do Porto só para os do Porto, etc; os cinemas só para os locais desses cinemas e as praias da Caparica só para os da habitantes da Caparica, etc. Está errado o que se fez com as associativas. As associativas nunca deveriam ter sido decretadas. Basta as municipais e turísticas com 'bilhetes' de acesso para todos – caçadores de fora e locais – tal como um cinema do Porto que pode ser frequentado por um habitante de Faro.

  • Licia Evylyn

    isto é caça esportiva em Espanha ė Portugal tá valendo não ė brasil pais da corrupção

  • RP

    Pois é! Como seria se reservassem as Universidades de Lisboa só para os de Lisboa, e as do Porto só para os do Porto, etc; os cinemas só para os locais desses cinemas e as praias da Caparica só para os da habitantes da Caparica, etc. Está errado o que se fez com as associativas. As associativas nunca deveriam ter sido decretadas. Basta as municipais e turísticas com 'bilhetes' de acesso para todos – caçadores de fora e locais – tal como um cinema do Porto que pode ser frequentado por um habitante de Faro.